Espírito de equipe e construção de estratégia são fundamentais no jogo do Pique-Bandeira

Na aula de Esportes, no Período Integral, a profª Sandra apresentou aos alunos do G5 e 1º ano as regras do Pique-Bandeira, que é um tradicional jogo infantil.

A brincadeira consiste em dois grupos, com o mesmo número de jogadores. Delimita-se o campo e, em cada lado, nas duas extremidades, é colocada uma bandeira. O objetivo do jogador é capturar a bandeira da outra equipe sem ser agarrado pelo adversário. O jogador que for pego ao tentar agarrar a bandeira deve permanecer imóvel até que algum jogador do grupo consiga tocá-lo. Ganha o jogo a equipe que conseguir pegar a bandeira do adversário mais vezes e retornar para o seu lado da quadra sem ser pego.

Para melhor compreensão dos alunos, a profª Sandra representou o jogo com giz, desenhando as regras e posicionamentos. Depois, os estudantes simularam uma partida, jogando devagar, para entender bem como ele funciona, para só depois jogarem para valer.

“É um jogo que trabalha uma série de habilidades, desenvolve muito a socialização e coordenação motora das crianças. Apesar de ser simples e muito tradicional, exige concentração, atenção às regras e, principalmente, estratégia, já que todo mundo tem uma função no jogo, mas nem todos têm sempre a mesma função. É preciso construir táticas de jogo e ter espírito de equipe”, explica a profª Sandra.

Confira fotos e vídeos:

Pic Bandeira - G5 e 1º ano Integral (mar/2019)
Anúncios